Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Explorar locais desconhecidos, conhecer culturas diversas e contemplar paisagens naturais são os objetivos de muitas pessoas que sonham com uma viagem para Lisboa. Apesar de todos os benefícios de uma aventura, os altos custos de passagens, hospedagem e entretenimento no local que deseja conhecer, podem acarretar em desanimo e desistência para os menos favorecidos economicamente.

 

As experiências de uma viagem sonhada e as lembranças que vão ser guardadas para sempre valem o investimento, mesmo que o tempo para aproveitar seja curto. Os sonhos de viajar não podem ser deixados de lado devido à situação financeira. Mesmo para os que acabam gastando o que tem com dívidas e necessidades diárias, é possível tornar real a viagem dos sonhos. Basta planejar o roteiro!

 

 

O maior segredo para realizar um grande desejo esta no planejamento, principalmente se a vontade for sair cara para o bolso. Conheça cinco formas de economizar e garanta a realização da sua viagem para Lisboa no tempo planejado:

 

1. Planejamento de custos e pesquisa: Qualquer viagem precisa de um planejamento antecipado e este é o primeiro passo para concretizar o desejo. Não só quando o assunto é viagens, qualquer sonho pessoal depende de esforço próprio e investimento financeiro. Não adianta querer algo e ficar esperando cair do céu, ou se convencer de que aquilo não é possível devido aos obstáculos. Escreva em um caderno todas as informações detalhadas da sua viagem. Quando pretende ir, para onde gostaria de ir, que locais visitar e todos os possíveis custos. É preciso pesquisar cada detalhe de gasto e determinar uma quantia mínima necessária para concretizar o passeio. Depois que tudo estiver anotado, comece a procurar as possíveis promoções e descontos para economizar. Porém, não diminua a meta a juntar para a viagem, pois é preciso ter em mente também a possibilidade de gastos não previstos.  

 

2. Escolha os melhores períodos: Nem sempre a temporada ideal para viajar é a melhor economicamente. As altas temporadas costumam sair mais caras e, nas baixas temporadas, os descontos são elevados. Determine os objetivos de viagens e se é possível conhecer o local nos períodos mais baratos. Não se esqueça de pesquisar também as variações de preços de acordo com a estação e decida o momento de viajar de acordo com a possibilidade financeira e o bom aproveitamento.

 

3. Planilha de gastos: Depois do planejamento da viagem, a planilha de gastos é o primeiro passo para torná-la real. É possível economizar eficazmente nas despesas do dia a dia, desde que seja feito um controle dos investimentos. Faça primeiramente uma planilha dos gastos atuais em um mês e, logo após, pense em estratégias possíveis para reduzir os valores. Evite desperdiço de dinheiro com objetos desnecessários. Se for preciso, deixe a carteira em casa para dar uma volta no parque ou só saia com o dinheiro contado, essa iniciativa pode ajudar a evitar gastos na rua. Depois de um mês com redução de custos, perceba o quanto você juntou para a viagem e tenha como meta economizar mais no próximo mês.

 

4. Redução de contas: As contas fixas também devem ser reduzidas, além dos gastos eventuais. Economizar nas despesas da casa, como água, luz e telefone, podem ajudar mais do que o esperado na concretização da viagem. Além disso, diminuir essas despesas básicas trará benefícios ao meio ambiente e consciência ecológica. Desligue as luzes e objetos elétricos quando não estiver usando e tente reduzir o tempo gasto no banho. O importante é pensar em estratégias para a redução de contas.

 

5. Evite tentações: As tentações do mundo moderno são as principais rivais na tentativa de guardar dinheiro para algo maior. Mesmo que as metas sejam determinadas, o projeto pode acabar em fracasso depois de uma ida em um shopping ou uma olhada em um site de compras online. Para evitar esses gastos, procure manter-se longe de locais de compras e só consuma algum produto se for realmente muito necessário. Lembre-se que gastos extras podem adiar mais a realização da viagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37

 

Finalmente as férias chegaram, mas o verão está cinzento e o planeamento não é ir para uma viagem em outro lugar com um clima bom, pois se pretende gastar pouco nas férias. Porém, independente do céu nublado e do financeiro, é possível aproveitar bem as férias com a família ou até mesmo somente a dois. É necessário criatividade e entrosamento com todos os envolvidos para ver o que cada um tem vontade de fazer.

Usando a criatividade, é possível elaborar atividades diferentes, em que todo mundo pode se divertir, sem gastar muito.

 

Dicas, para a família

Normalmente, férias em família lembram dias ensolarados ou viagens para fora do país. No entanto, quando o cenário é outro, são possíveis as seguintes alternativas:

 

Teatro grátis e cinema com descontos

Existem guias, dependendo da cidade, com muitas boas atrações de teatro para toda a família, oportunidade ideal para conhecer um pouco mais da arte teatral. Além disso, existe a opção de cinemas alternativos que exibem filmes diferenciados do que estão no cartaz comercial, e por conta disso, são mais baratos.

 

Sessão de filme em casa

O que pode ser divertido também, é reunir toda a família para assistir as longas trilogias que são sempre postergadas por falta de tempo. Agregar nos intervalos de um filme para outro, comentários e discussões sobre o filme. Servir pipocas ou outras guloseimas.

 

Fazer um filme

Interessante também, é criar um roteiro ou usar algum que já existe de algum filme, atribuir os papéis para os membros da família e gravar um filme divertido com cenas e falas improvisadas.

 

Diversos jogos

É possível reunir a família e criar um torneio no vídeo game. Porém pode optar por algo fora da tecnologia e jogar com a família, jogos de tabuleiros, que são bastante interessantes e exigem maior tempo e concentração. Além de jogos de tabuleiros, pode escolher outros tipos de jogos, como por exemplo, cartas. Valendo prêmios e punições. Alguns jogos mais comuns: Banco imobiliário, War, Jogo da vida, Imagem e ação, Detetive, Dama, etc.

 

Cantar no Karaoke

Um a experiência que pode ser muito divertida, é chamar todos para um karaokê e soltar a voz. A situação pode ficar melhor se for filmado.

 

Museus, parques e lugares históricos

Mesmo com o dia nublado, é possível programar andar de bicicleta, ou caminhada no parque com a família. Museus também é uma boa saída, principalmente se no grupo da família estiver presente um historiador. Além disso, existem excursões interessantes para locais históricos, e que geralmente são de baixo custo.

 

Dicas, para um casal {#emotions_dlg.heart}

Todas as dicas anteriores são possíveis para todos os membros de uma família, e também para um casal apenas. Porém existem outras atividades interessantes a dois, que tornam indiferente o tempo nublado e ajuda economizar.

 

Fazer um almoço ou jantar exótico

Providenciar uma receita com ingredientes diferentes do dia-a-dia no cardápio e preparar juntos, é uma experiência que pode render uma boa diversão.

 

Passeio noturno

Procurar por bares e restaurantes à noite com diferentes ambientes. É uma solução de romantismo e improviso com oportunidades de boas surpresas.

 

Participar de um Musical

Uma boa pedida para o casal que quer aproveitar bons momentos juntos e criar recordações.

 

Aprender uma atividade artística

É uma dica válida para a família toda caso o custo não seja alto. Porém é mais indicado para o casal, que pode inclusive ter melhor desempenho e se divertir muito no processo. Atividades como: artesanato, instrumento musicais, teatro, etc.

 

Criar um álbum

Tirar fotos juntos em diferentes lugares, montar um álbum com legendas explicando cenas inusitadas. Pode ser um álbum digital ou físico.

 

Conhecer e participar de um desporto radical

Quando se fala em desportos radicais, é comum pensar em dias de sol. Porém mesmo com o dia cinzento, é possível conhecer e participar de diversos desportos radicais.

Normalmente existem alguns pacotes promocionais e para o casal fica bem em conta, por exemplo, alguns desportos radicais: rapel, mergulho, patinação, tirolesa, ciclismo, entre outros.

 

Conhecer uma cidade do interior do estado

É interessante visitar cidades diferentes a dois. É uma boa experiência, com hotéis baratos e roteiros próprios de cada região.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:25


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D